Arquivo da categoria ‘Televisão’

Quase duas décadas depois de trazer os dinossauros de volta à vida e encantar todo o mundo com os gigantes pré-históricos em Jurassic Park (O Parque dos Dinossauros – EUA, 1993), Steven Spilberg preparanovamente o terreno para os monstros na nova série do canal FOX prevista para o segundo semestre de 2011: TERRA NOVA.

Em um mundo pós-apocaliptico, onde a raça humana esgotou de forma irremediável os recursos necessários à vida, a única saída é retornar no tempo para uma data onde seja possível recomeçar, como isso é possível? Com a a descoberta de uma fenda temporal que sera capaz de levar um certo número de “escolhidos” para 85 milhões de anos atrás, exatamente quando os gigantes e famintos lagartos circulavam aos milhões pelo planeta.

A série já nasce com alguns buracos e absurdos tais como: podemos voltar no tempo mas não conseguimos consertar nosso ambiente; ou porque voltar para um periodo onde além da sobrevivência ser um desafio enorme ainda por cima tem um meteoro enorme vindo do céu; ou se existe um fenda temporal porque somente poucos podem atravessar ela e por vai… Falhas capazes de fazer corar aqueles que acompanharam LOST para no final ver aquela explicação mística e sem pé nem cabeça para toda aquela balburdia.

LOST, não é mera coincidência

Mas independente disso eu vou assistir, até porque desde pequeno sou um aficcionado por Dinos e ninguém até hoje os retratou de forma mais emocionante que Steven Spilberg (embora os velociraptors de 2 metros de altura sejam vergonhosos), espero que a série n~çao se preca tentando explicar teorias sem fundamento e se foque naquilo que a galera quer ver: Pessoas correndo, gritos e um bando de Dinassauros detonando esse bando de humanos que ousaram invadir o seu pedaço.

The Walking Dead

Publicado: 23/11/2010 em Televisão
Tags:,

Como é bom ser despretensioso, permite que se realize grandes feitos sem se perder em egos inflados  e desejos megalomaniacos.

Vaza mano!!!

Num hospital do interior dos Estados Unidos, o policial Rick Grimes acorda do estado de coma em que se encontrava. Estranhando o abandono do local, Grimes logo descobre que há uma legião de zumbis perambulando ao seu redor, atacando todos os seres humanos que vêem. De alguma forma misteriosa, os mortos voltaram à vida e, agora, o mundo se vê assolado por seres descerebrados, cujo único interesse parece ser a vontade de saciar uma fome animalesca por carne humana.

The Walking Dead a série de zumbis exibida pelo canal norte americano AMC (exibida no Brasil pela FOX) é um sucessoa, de público e de crítica, tanto que a série prevista para somente seis episódios já teve seu contrato renovado para uma nova temporada, é um bom contrapeso para um público que se vê cercado por produções de vampiros digamos “moderninhos” voltadas para um público por demais adolescente e as já cansadas séries médicas ( a exceção talvez de House e sua eterna dúvida entre Lupus e doença auto-imune).

A série é baseada nos quadrinhos de Robert Kirkman, publicado pela Image em 2003 nos EUA (no Brasil você pode achar na HQM editora).

TWD é leve, sem enorme carga dramática e também não pretende ser um folhetim de terror semanal, com sustinhos tipo um morto vivo saltando do nada a todo momento na tela, longe disso retrata com uma “realidade” há muito tempo não vista o “real” comportamento de um zumbi: lento e descordenado, com um trabalho de  maquiagem excepcional.

Até agora (4º episódio) as histórias estão se desenvolvendo rápido, começo meio e fim, como em uma boa HQ, inclusive a busca de Grimes por sua familia que em qualquer outra série seria motivo para infindáveis desventuras, em TWD já foi solucionada. O foco é no dia a dia e sobrevivência das pessoas que restaram após um evento que além de alterar o mundo como era conhecido ainda coloca suas vidas constantemente em perigo, simples assim, mas muito bem executado.

Um elenco sem estrelas, provavelmente o rosto mais conhecido seja o da mãe de familia delicinha Sarah Waynes Calles, até porque a maioria dos personagens vai virar comida de zumbi mesmo. Os demais estão lá para entreter, correr, gritar e principalmente explodir cranios zumbis das mais variada formas possíveis, afinal apesar do público ser agraciado com muito mais é isso que se espera de série sobre mortos vivos.

Não é para seu bico zumbi

Vale demais a pena ler o ótimo texto que encontrei lá no Passinho à frente, sobre a absurda esquete da dita mulher arroto (neste caso direcionada a grande Laura Cardoso) e sobre o que o brasileiro médio tem tido como humor nos últimos tempos, uma ode à escatologia e ao desrespeito as liberdades e convicções individuais em nome de um “humor” vazio de conteúdo e desprovido de qualquer tipo de reflexão moral ou social.

O brasileiro é um anarquista. O brasileiro é um pandego. O brasileiro é um fanfarrão. O brasileiro é um IDIOTA. Perdoem se generalizo mas só sermos uma nação de idiotas explica a audiência de um programa como o Pânico. Se você é fã do programa deixe que lhe mostre uma coisa. Está vendo a logo do Passinho? Ela foi retirada de um quadro de Monty Phyton, The Minister of Silly Walk. Estou lhe mostrando isso para que você entenda o que eu considero HUMOR. Monty Phtyton é minha referência de humor. Entendido? Vamos seguir adiante.                Mais…

“Vale” a pena ler também os comentários onde tem gente até mesmo dizendo que ia gostar se o arroto fosse direcionado à própria mãe, me espanta o quão imbecil nossa sociedadade está ficando, se quiser ver vídeos estão aqui.

Você realmente vê graça em arrotar no rosto dessa senhora?

Up to Date: Após toda a polêmica o programa Pânico na Tv retirou o quadro da mulher arroto do ar, segundo nota oficial porque seria díficil a porquinha passar despercebida em futuros eventos.

Para quem não sabe, Fly é um dançarino coreógrafo, da Globo e particularmente do Caldeirão do Huck. Chega a ser engraçado o vídeo, quando eu ver a Dani pela noite vou tentar para ver de qual é. 😉

O que acontece quando o EX têm mais carisma que os atuais? Surgem os Fatos!!!

Dourado dormiu no ponto. Todos os ônibus pararam esperando ele acordar.

– Quando Dourado foi eliminado do BBB4, ele olhou sério pra a TV do Bial e disse: “I’ll be back!”

– Marcelo Dourado não escolhe feijão. Ele os persegue até os mais fracos ficarem pra trás

– No Juízo Final, Dourado irá dizer:”Tudo bem,eu fiz tudo isso.Mas eu tenho o Poder Supremo e quem vai pro Inferno é o Eliéser!” – Ri alto com essa.

– no BBB tem os Cabeças, Sarados, Belos, Coloridos e os Dourados!

– Bial: Alex, você está eliminado! Dourado: Mas eu mandei o Eliéser! Bial: Ah, houve um engano, vem pra cá Eliéser!

– Existem pessoas brancas, negras, amarelas , verdes, mas so o Marcelo é Dourado.

– No final de uma oração, Dourado não diz “Amém”. Ele diz: “Entendeu?”

Dourado tava entediado e falou pra Boninho: Antecipa esse paredão AGORA!

– Traumatologistas são médicos especializados em tratar pessoas que votaram contra Dourado

– Quando Marcelo Dourado falou “vou pegar o anjo”, o céu ficou vazio.

– Chuck Norris disse pra Dourado:”A morte vem te buscar!” e Dourado respondeu:”Ela e mais quem?!?”

Dourado usa estalecas para comprar na colheita feliz.

– Quando o Dourado atende, é o bigfone que vai para o paredão.

– No natal nós mandamos cartinha para papai noel, papai noel manda cartinha para o Dourado

E a lista não pára de crescer, acompanhe lá no #douradofacts.

Brasileiro é um povo engraçado, dado a exageros e extremos que deixariam qualquer xiita muçulmano corado de vergonha, não existe ala moderada neste país ou se é cruz ou será sempre calderinha.

O BBB é somente mais um exemplo disso ou se assiste admitindo a própria demência ou se recusa a assistir alegando um nível intelectual que o impede de ver algo tão vazio, no segundo grupo normalmente estão aqueles que acham que novela do Manoel Carlos há vinte anos falando de uma Helena e seus seguidores que trabalham 2 horas por semana (todos muito ricos claro) é top do requinte.

Mas o BBB tem um poder que poucos programas conseguem revelar, o poder de demonstrar o quanto somos hipócritas e falsos moralistas, e olha que quem diz isso é algúem que já foi muita vezes taxado de moralista. O caso dessa menina Tessália, ou #boquetess, ou #chupatess, ou #tessaranha ou como era chamada antes do programa @Twittess.

Antes do programa ela já era uma pária da Twitto-esfera por ser uma pioneira em usar um script que gera automaticamente seguidores para seus Twetts, ridicularizada por Bloggeiros mais “puristas” e achincalhada sem critério por pessoas que usam #MaisFollowers, ou seja, fazer pode mas não se pode ficar famoso por isso.

Então entra a moça na casa do BBB, e já com toda a carga negativa da internet, não sei onde ela errou mas me parece que não assistiu aos programas anteriores pois fez de tudo o que garante a antipatia do público, mas isso é assunto para a Sonia Abraão (procurem @SoniaAbraaoFacts). Mas o principal pecado da moça é um video onde se ouvem alguns gemidos e que sem um boa dose de imaginação não se vê absolutamente nada. Mas de acordo com o senso comum estava nosa amiga @boquetess literalmente colocando a boca no trombone de seu namoradinho Judeu não Ortodoxo, nada mais natural para que trabalha com comunicação do que usar a boca para se expressar.

Mas isso deve ser pecado mortal en terras tupiniquins, afinal as mocinhas brasileiras não fazem isso, aqui sexo somente na posição papai e mamãe e para fins de reprodução, o carnaval (gosto muito) deve ser uma ilusão, aqueles corpos nús em sumária exibição na verdade não estão em nosso território, isso acontece na longínqua Noruega.

O @PedroBial_ ainda alertou a moça que no Brasil as pedras estão sendo atiradas contra ela, tal como uma Maria Madalena moderna os que atiram pedras também cometeram o mesmo pecado, somente não ficaram famosos com isso. Então o erro não é fazer, o problema é fazer e ter sucesso repercussão? Não sei da parte de vocês mas eu ia adorar estar no lugar daquele Judeu.

Sabor frutas com leite.

Uma ótima dica de programa para os felizes possuidores de tv paga é acompanhar no Multishow (ótimo canal) o Papo Calcinha, quatro (lindas) garotas mandando a voz nos assuntos mais picantes de forma divertida e muito “didática“. O programão vai ao ar às 23:30 religiosamente.

E somente para dar uma amostra vai aqui uma aula que todos deveriam ter tido na escola, aprender esta lição é sempre garantia de boas notas.

Ah vi a dica no Doces ou Travessuras.