Arquivo da categoria ‘Mape na cozinha’

Champagne!!!

Publicado: 31/12/2009 em Mape na cozinha, Vida real
Tags:

Reveillon, beijos, abraços, votos (nem sempre tãooo sinceros…) de Felicidade e Sucesso e brindes à tudo e a todos, nesta hora não se pode errar na bebida que vai preencher as taças, então vamos encerrar o ano com algumas pequenas dicas de vinhos espumantes para entrar em 2010 com o teor alcóolico regularizado.

Primeiro você que não é um mané sabe que o termo Champagne deve ser aplicado apenas aos vinhos espumantes produzidos na região de Champagne na França, ou seja nem adianta dizer para a linda que comprou o melhor Champagne e trazer debaixo do braço Espuma de Prata ou Surpresa tinto, não vai colar.

Dito isto nem se faz necessário comentar que a atual sensação entre os espumantes o Prosecco também não é Champagne, mas vai muito bem em qualquer ocasião festiva. O nome deste vinho na verdade é o nome da uva utilizada em sua fabricação, proveniente da Itália. E não vou dizer que a famigerada Cidra Cereser também não é Champagne como tentaram me fazer acreditar nos meus tempos de criança.

Entre qualquer espumante é importante reconhecer a variação de açucar em sua fabricação, os de tipo Brut são aqueles com pequena dosagem de açúcar sendo o Brut Nature  a Coca-Cola Zero dos vinhos espumantes, temos os Dry moderados e os Sec com quantidades medianas de açúcar e finalmente o Doux que é para dar um up em qualquer diabetes.

Os espumantes devem ser abertos no momento do consumo para evitar a dissipação do dioxído de carbono, servidos obrigatóriamente gelados e em taças longas. Dito isto posso remendarr uma Googleada sobre o termo para os mais interessados, e um Muito Feliz 2010 para todos, até o ano que vem!!!

Mape vai de Prosecco Brut, um brinde!!!

Mape na cozinha

Publicado: 20/12/2009 em Mape na cozinha
Tags:

Inaugurando a seção de receitas do blog, afinal poucas coisas proporcionam prazeres maiores que um prato suculento.

Tomates recheados com requeijão

Vai precisar de (para 1 tomate se quiser mais multiplica):

1 Tomate grande e maduro

3 a 4 colheres absurdamente cheias de requeijão cremoso.

1 Fatia de presunto

1 Rodela grossa de cebola picada e pedacinhos

1 Azeitona picada

1 Colher de sobremesa de molho de tomate.

À gosto: sal, pimenta do reino, cheiro verde, orégano, azeite e queijo parmesão ralado

1 Garrafa de vinho

Como fazer:

Sirva uma taça generosa de vinho, saboreie a bebida, retire a tampa do tomate e seu interior, lavando bem, saboreie novamente o vinho, em uma panela doure por dois minutos com azeite a cebola, o cheiro verde, o molho de tomate, a azeitona e a pimenta do reino, se possuir um belo enfeite de cozinha pode admirar e dar um pouco de atenção a ela enquanto espera, dê mais um gole no vinho, adicione o requeijão na panela mechendo bem por 2 minutos, prepare os tomates com uma camada de presunto picadinho e uma camada do molho de requeijão até o topo, finalize com o orégano e o queijo parmesão por cima de tudo e mais um gole de vinho. Leve ao forno por cerca de 20 minutos ou até dourar o queijo, sirva com o restante do vinho.

Bom apetite.