The Walking Dead

Publicado: 23/11/2010 em Televisão
Tags:,

Como é bom ser despretensioso, permite que se realize grandes feitos sem se perder em egos inflados  e desejos megalomaniacos.

Vaza mano!!!

Num hospital do interior dos Estados Unidos, o policial Rick Grimes acorda do estado de coma em que se encontrava. Estranhando o abandono do local, Grimes logo descobre que há uma legião de zumbis perambulando ao seu redor, atacando todos os seres humanos que vêem. De alguma forma misteriosa, os mortos voltaram à vida e, agora, o mundo se vê assolado por seres descerebrados, cujo único interesse parece ser a vontade de saciar uma fome animalesca por carne humana.

The Walking Dead a série de zumbis exibida pelo canal norte americano AMC (exibida no Brasil pela FOX) é um sucessoa, de público e de crítica, tanto que a série prevista para somente seis episódios já teve seu contrato renovado para uma nova temporada, é um bom contrapeso para um público que se vê cercado por produções de vampiros digamos “moderninhos” voltadas para um público por demais adolescente e as já cansadas séries médicas ( a exceção talvez de House e sua eterna dúvida entre Lupus e doença auto-imune).

A série é baseada nos quadrinhos de Robert Kirkman, publicado pela Image em 2003 nos EUA (no Brasil você pode achar na HQM editora).

TWD é leve, sem enorme carga dramática e também não pretende ser um folhetim de terror semanal, com sustinhos tipo um morto vivo saltando do nada a todo momento na tela, longe disso retrata com uma “realidade” há muito tempo não vista o “real” comportamento de um zumbi: lento e descordenado, com um trabalho de  maquiagem excepcional.

Até agora (4º episódio) as histórias estão se desenvolvendo rápido, começo meio e fim, como em uma boa HQ, inclusive a busca de Grimes por sua familia que em qualquer outra série seria motivo para infindáveis desventuras, em TWD já foi solucionada. O foco é no dia a dia e sobrevivência das pessoas que restaram após um evento que além de alterar o mundo como era conhecido ainda coloca suas vidas constantemente em perigo, simples assim, mas muito bem executado.

Um elenco sem estrelas, provavelmente o rosto mais conhecido seja o da mãe de familia delicinha Sarah Waynes Calles, até porque a maioria dos personagens vai virar comida de zumbi mesmo. Os demais estão lá para entreter, correr, gritar e principalmente explodir cranios zumbis das mais variada formas possíveis, afinal apesar do público ser agraciado com muito mais é isso que se espera de série sobre mortos vivos.

Não é para seu bico zumbi

Anúncios

Os comentários estão desativados.