Dias estranhos, e não querem passar

Publicado: 24/10/2010 em Pensamento, Vida real
Tags:,

Vivemos de aparências, e não julgo isso tão errado quanto possa parecer, muitas vezes é realmente necessário, festas, bares, diversão, carros, dinheiro e toda a ilusão que faz parte dessa coisa que chamamos de vida, mas algumas vezes as máscaras caem simplesmente nos derrubando junto.

Um dia normal, em um local completamente comum, nada a se estranhar, a vida seguindo seu rumo como deve ser, não importam muitos os detalhes, o local, garanto que era tudo muito corriqueiro, uma praça, uma rua nada mais.

Quando se aproxima esta senhora, senhora de familia, uns cinquenta e todos ou sessenta e poucos talvez, dessas que a gente vê indo à igreja, morena, meio maltratada pela vida, mas com um sorriso simpático de quem não se permite mostrar abatimento.

Se aproximou, com qualquer frase dessas que a gente fala só por falar, e mesmo em um mundo onde desconfiamos de todos não fui capaz de repelir aquela senhora, sei lá porque só sei que  correpondi a sua simpatia.

Em certo momento ela diz que eu era um rapaz bonito, sem nehuma conotoção maldosa, tipo quando uma avô elogia um neto, agradeci a simpatia e a falsidade daquela senhora, não consigo perder um piada, mas logo em seguida ela emenda:

_ Pena que vai envelhecer rápido , pois seus olhos só refletem tristeza.

Embasbacado com aquela frase tão repentina quanto verdadeira, levei alguns segundos para responder que era somente uma fase, que já passava ou coisa parecida, embora soubesse eu que a velhinha estava coberta de razão e o pior que tal estado se tornara tão nítido que qualquer um poderia perceber.

Depois disso trocamos mais duas frases e ela seguiu seu caminho, me deixando só com minhas dúvidas.

Um dos estranhos acontecimentos da ultima semana.

Anúncios
comentários
  1. umcafepara2 disse:

    Vc não pode perder aquele seu afiado humor, é ele que te caracteriza!
    Passa lá no café para rir um pouco!!!
    um beijo