A semana Flamenga, faltando tesão

Publicado: 27/08/2010 em A semana Flamenga, Futebol
Tags:,

Infelizmente não tem como não começar o melhor dia da semana com esta constatação, a bronca é devida e vai continuar enquanto este time não jogue no mínimo aquilo que no papel pode jogar. O sofrivel empate de ontem contra a galinhada morta das Minas Gerais é mais um dos injustificáveis resultados que o Mengão coleciona este ano, resultados que praticamente jogam fora mais um campeonato, como antes foi feito com o Carioca e com a Libertadores mais fácil da história, para que se tenha uma idéia da facilidade desta última Libertadores basta dizer que Celso Roth levantou o caneco.

Luxa? A galera tá aceitando qualquer coisa.

O pior é a sensação de limbo em que se encontram os ânimos flamengos, todo mundo sabe que não está bom, mas após um ano vitorioso a equipe deixou o sangue nos olhos se diluir e entrou em uma marcha lenta que contagiou até a torcida, se em campo durante todo o ano vimos uma equipe lenta que produz menos do que poderia, as arquibancadas também demoraram a acordar e cobrar maior empenho e resultados.

Mesmo com a boa estréia de Diogo, ficou mais uma vez nítido que o atual treinador não sabe utilizar o que o elenco tem de melhor, ele simplesmente posiciona os atletas dentro de um esquema clássico perdendo por exemplo as virtudes de nossos laterais e a voluntariedade de Renato, some isso a anomalias do estirpe de Val Baiano e Borja e aos 68 anos de idade de nosso principal articulador e vc tem uma equipe previsivel e inerte.

Acredito no Zicão, e o trabalho está sendo feito de forma correta, o Fla hoje está certamente entre os 5 elencos mais qualificados do Brasil, mas a permanência de Rogério a frente do time me parece que já se torna um desperdício de tempo, tempo que um treinador mais ambicioso poderia usar para buscar posições mais honradas na tabela e alcançar a classificação para Libertadores que deve ser o objetivo do clube neste ano.

Anúncios

Os comentários estão desativados.